TOMÁS ALVES

Numa entrevista, concedida ao site oficial do clube, o atleta falou-nos sobre as suas características em campo e os últimos anos ao serviço do clube.

Com que idade começaste a jogar?

Comecei a jogar futebol com 6 anos.

Qual a posição em campo que te sentes mais confortável?

A posição que me sinto mais confortável em campo é Médio defensivo.

O que mais gostas e o que menos gostas de fazer nos treinos?

O que gosto menos de fazer é exercícios iguais ao treino anterior, porque gosto sempre de variar e aprender mais, e o que mais gosto de fazer é trabalhar a posse de bola.

Para ti como deve ser o treinador ideal?

O treinador ideal tem de ter capacidade de ler o jogo, perceber o feitio dos seus atletas e como lidar com cada um porque não somos todos iguais, não ter preferidos, e ser empenhado no plantel e na preparação dos treinos.

Como foram os últimos anos ao serviço do clube?

Os últimos anos ao serviço do clube foram bons, o primeiro ano afirmei-me no clube, depois no meu primeiro ano de futebol 11 ou seja iniciado de 1 ano, não estava muito bem e não tive uma presença tão ativa em campo. Este último ano talvez tenha sido o meu melhor ano no futebol.

Qual foi o momento mais marcante no teu percurso pelo clube?

Na época passada subimos de divisão graças aos jogadores mais velhos do plantel e eu senti que tinha de trabalhar e honrar o esforço deles. Para mim foi um momento marcante, senti a responsabilidade de dar continuidade ao bom trabalho desenvolvido, e terminei com a sensação de dever cumprido.

Para quem não conhece o Tomás, como te descreverias como jogador?

Sou um jogador com raça a jogar à bola, com boa visão de jogo, que trabalha para a equipa, muito competitivo, com um temperamento especial, e com boa qualidade técnica.

Como tens vivido esta época tão atípica, com a impossibilidade de jogar e mesmo de treinar?

Não tem sido fácil lidar com a paragem porque eu amo jogar futebol e não gosto de estar fechado em casa. Espero ansioso pelo comunicado da AFS a dizer que podemos retomar a atividade sem restrições.

Esperando que na próxima época o futebol regresse à normalidade, que objetivos traças para o que aí vem?

Sim já tenho objetivos para a próxima época, subir os juvenis de divisão e trabalhar para o bom desempenho da equipa ao longo da época.

Quem é o teu maior ídolo no futebol?

O meu maior ídolo é o Bruno Fernandes.

Para ti, qual o melhor 11 que já viste jogar?

O melhor onze que já vi jogar foi: Adán, Gonçalo Inácio, Coates, Feddal, Porro, Palhinha, Daniel Bragança, Nuno Mendes, Pote, João Mário e Paulinho.                      (Atual 11 do Sporting CP).

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on twitter