PEDRO OLIVEIRA

Numa entrevista, concedida ao site oficial do clube, o Pedro contou-nos o momento mais especial no seu percurso pelo clube e como está a ser a fase de paragem no futebol.

Com que idade começaste a jogar?

Eu comecei a jogar futebol com 5 anos.

Qual a posição em campo que te sentes mais confortável?

Eu já passei por todas as posições, mas aquela em que me sinto mais confortável é a médio defensivo.

O que mais gostas e o que menos gostas de fazer nos treinos?

Num treino tudo é importante, eu não tenho um exercício preferido, simplesmente sigo o que o mister manda fazer porque sei que é importante para a minha forma física.

Para ti como deve ser o treinador ideal?

Uma das qualidades que aprecio num treinador é a humildade, depois acho que é importante ter uma boa relação com a equipa havendo tempo para brincar e trabalhar.

Qual foi a aprendizagem mais importante para ti até hoje?

Que não devo ligar aos comentários vindos de fora das quatro linhas, pois a concentração dentro de campo tem de ser máxima.

Qual foi o momento mais marcante no teu percurso pelo clube?

São muitos os momentos especiais no meu percurso pelo clube, mas aquele que mais me marcou foi a minha primeira vez que tive a braçadeira de capitão no braço. A responsabilidade de ser capitão é muita, mas sinto-me feliz e valorizado como pessoa e jogador.

Para quem não conhece o Pedro, como te descreverias como jogador?

Eu gosto muito de tentar ajudar os meus colegas de equipa, às vezes posso parecer um pouco rude, mas quem me conhece bem sabe que o meu foco é sempre a vitória.

Como tens vivido esta época tão atípica, com a impossibilidade de jogar e mesmo de treinar?

Isto é tudo novo, para quem vive da bola sabe o quão é difícil não poder pisar o relvado durante muito tempo, não poder sentir a emoção da preparação para o jogo. Quem vive o futebol intensamente sabe do que estou a falar e sabe o que é sentir esta ansiedade, portanto como para mim como para todos, é difícil ficar muito tempo sem jogar à bola.

Esperando que na próxima época, o futebol regresse à normalidade, que objetivos traças para o que aí vem?

O meu objetivo, como o de todos, é sempre levar a equipa para cima e crescer com aqueles que nos fazem sentir confiantes.

Quem é o teu maior ídolo no futebol?

O meu maior ídolo é Neymar Jr, desde pequeno que eu tenho o sonho de o conhecer.

Para ti, qual o melhor 11 que já viste jogar?

O melhor onze que já vi jogar: Ederson, Rúben Dias, Virgil Van Dijk, Trent Alexander-Arnold, Alejandro Grimaldo, Bruno Fernandes, Kevin De Bruyne, Phil Foden, Neymar Jr, Kylian Mbappé e Cristiano Ronaldo.

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on twitter